Buscar
  • NUDHES

Criação da Associação Brasileira Profissional para a Saúde Trans e Travesti


Após 4 dias de intensos e importantes trabalhos no I Encontro Brasileiro de Saúde Trans, sediado na Escola Paulista de Medicina, na UNIFESP, foi aclamada a Diretoria para o primeiro biênio (2017-2019) da gestão da Associação Brasileira pela Saúde Integral de Pessoas Trans, Travestis e Intersexo, sendo composta por pessoas cis e trans/travestis, profissionais de saúde e de áreas afins, estudantes e, principalmente, ativistas do movimento social de travestis e trans.

A composição da Diretoria conta com duas mulheres trans negras na presidência, farmacêutica e psicológa, respectivamente, configurando-se da seguinte maneira:

Presidência: Alicia Krüger Jaqueline Gomes de Jesus

Gestão e governança: Adriana Sales Alexandre Peixe Denise Vieira Maria Clara Gianna Rosa de Alencar Sousa

Clínica e saúde integral: Alana Dantas Barros Bernardo Banducci Rahe Eric Seger Juny Kraiczyk Laio Magno Luiza Ferreira Magnus Dias da Silva Maiara Fafini Maya Foigel Patrícia Porchat Ricardo Barbosa Martins Thaís de Caux

Estatística e epidemiologia: Maria Amélia de Sousa Veras Maria Inês Costa Dourado Sandra Brignol

Política, lei e advocacy: Guilherme Almeida Márcia Rocha Rachel Macedo Rocha. Thiago Coacci

Pesquisa, ensino e extensão: Edu Cavadinha Flávia Teixeira Fran Demetrio Gustavo Saggese Regina Facchini Tatiana Lionço Viviane Vergueiro

Comunicação: Amanda Palha Ana Luiza Fanganiello Ana Valéria Machado Mendonça Gustavo Melo Kika Melhem Ronald Figueiredo

Os pilares desta gestão serão a defesa total e incondicional do SUS com foco na defesa da Atenção Primária em Saúde, luta por Universidades públicas de qualidade e totalmente gratuitas, a despatologização das identidades trans, travesti e não-binárias e grande atenção às questões intersexo.

Houve uma primeira reunião hoje, 05/11, em São Paulo entre a Associação Brasileira e a WPATH (Associação Mundial de Profissionais pela Saúde Trans) para firmar acordos iniciais e definir os rumos de trabalho da primeira gestão.

Profissionais de saúde, academia, estudantes e principalmente ativistas juntas, juntos e juntes em prol da saúde de pessoas trans e travestis!

Mais informações no nosso site www.brpath.com.br


71 visualizações