Pesquisas

Clique no ícone da pesquisa para mais informações

SILK é uma pesquisa de intervenção com jovens gays de São Paulo. Tem como objetivo avaliar se atividades que tratam de sexualidade de maneira positiva, aberta, sem tabus e com uma abordagem voltada para o público jovem influenciam hábitos de testagem para HIV. O estudo é financiado pela The Foundation for AIDS Research (amfAR)

Trans

Amigas

TransAmigas é uma pesquisa de intervenção avaliando o uso de navegação por pares e seus efeitos no cuidado de mulheres trans que vivem com HIV. É um estudo realizado em parceria com a University of California San Francisco (UCSF) e financiado pelo National Institutes of Health (NIH).

LAMIS é a Pesquisa Online sobre Saúde de Homens que fazem Sexo com Homens da América Latina e. Trata-se de um inquérito online sobre diversas questões sociais e de saúde relativas à essa população, como discriminação, satisfação sexual, acesso à saúde e HIV. É um estudo de parcerias internacionais com diversos países da América Latina e também da Europa.

Projeto de parceria internacional, com início no Brasil em 2017, tem como objetivo principal avaliar incidência de HIV e determinantes sociais em saúde acompanhando uma coorte de mulheres trans em vários países do mundo. Estudo financiado pelo National Institutes of Health (NIH).

Estudo quantitativo de parcerias nacionais, presente em 12 capitais brasileiras, realizado nos anos de 2016-2017, tem como objetivos avaliar a prevalência de infecções sexualmente transmissíveis, saúde mental, acesso à saúde e resiliência da população de travestis e mulheres trans. Estudo Financiado pelo Ministério da Saúde e UNESCO.

Projeto de parcerias nacionais, realizado no ano de 2016 tem como objetivo avaliar a prevalência de HIV, Sífilis, Hepatites B e C na população de homens que fazem sexo com homens do Brasil. Além disso, aborda também questões de comportamento sexual, violência e discriminação. Estudo Financiado pela UNESCO.

Projeto realizado nos anos de 2014-2015 em 9 cidades do estado de São Paulo com o objetivo principal de

avaliar o acesso à saúde e violações de Direitos Humanos na população de travestis e transsexuais. Estudo financiado pela Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP)

Projeto realizado em 2011 no Centro de São Paulo com o objetivo principal de se observar a prevalência de HIV entre homens que fazem sexo com homens (HSH) que frequentam a região. Estudo financiado pela Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP)